TODOS PODEM PARTICIPAR

 

O Festival Liberdade tem vindo a consolidar-se como uma iniciativa impar, onde os jovens da Região constroem o Festival nas suas diversas expressões: música, desporto, artes plásticas, dança, encontro e debate.

 

  • Podes participar na Arte em Liberdade, uma mostra de arte, na vertente das artes visuais (fotografia, desenho, pintura, gravura, ilustração, banda desenhada, instalação e escultura) dirigida a jovens artistas;
  • Na Mostra Associativa, onde cada estrutura de juventude dá visibilidade à sua atividade, partilhando com os visitantes a sua ação e os seus projetos para o futuro;
  • Nas Animações e Iniciativas, um conjunto de ações de cariz variado, por exemplo: dança, teatro, animação de rua, demonstrações desportivas, música, entre outras, que os jovens e\ou as estruturas de juventude podem propor-se a desenvolver nos diferentes espaços do festival: o Espaço Desporto, a Tenda Juventude, o Espaço Teatro e Cinema, e Palco Igualdade ou no recinto do Festival Liberdade.

 

 

22 PARTICIPAR MOSTRA ASSOCIATIVA (2)  23 PARTICIPAR ARTE EM LIBERDADE  24 PARTICIPAR ANIMAÇÕES E INICIATIVAS

 

ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO

Organização

AMRS - Associação de Municípios da Região de Setúbal

Fórum Regional

Composto pela AMRS, pelos municípios seus associados e o Movimento Associativo Juvenil.

Compete ao Fórum abordar as linhas gerais do Festival Liberdade, assumindo os valores de Abril e da Liberdade, procurando que nele se reflita a expressão e manifestação da dinâmica, da criatividade, da irreverência e do trabalho do movimento juvenil e associativo protagonizado na Região de Setúbal.

Comité Organizador

Composto pela AMRS, técnicos municipais e representantes do Movimento Associativo Juvenil da Região.

Compete a este comité preparar e planificar o programa do Festival Liberdade.

Grupo de Trabalho Técnico

Composto pela Associação de Municípios da Região de Setúbal e Município de Alcochete.

A este grupo de trabalho compete assumir as questões técnicas e logísticas relacionadas com o município que recebe o Festival.

 

 

 

ESPAÇOS COMERCIAIS

  03 NORMAS PARTIC ESPAÇOS COMERCIAIS  

COMO CHEGAR

O concelho de Alcochete está localizado na margem sul do Estuário do Tejo, integra a Área Metropolitana de Lisboa, e beneficia de um conjunto de acessibilidades através da Ponte Vasco da Gama, autoestrada do Norte, IC 32, e a ligação à A2.

                       

                                                                        carro    autocarro    barco1

 

VEM TRANSPORTE PUBLICOS

ONDE FICAR

 

Para ficares no Parque de Campismo terás de consultar e/ou preencher estes documentos:

Normas de Funcionamento

Declaracao de Aceitacao das Normas de Funcionamento

Documento de Autorizacao de Menores

MAPA DO RECINTO

Brevemente disponível.

EDIÇÕES ANTERIORES

C FESTIVAL LIBERDADE  1994 C FESTIVAL LIBERDADE 2014 C FESTIVAL LIBERDADE 2015 C FESTIVAL LIBERDADE 2016 C FESTIVAL LIBERDADE 2017 C FESTIVAL LIBERDADE 2018 

     1994

É lançado o Festival Liberdade pela primeira vez, no concelho do Seixal, na Quinta da Atalaia, como forma de comemorar o 20º aniversário do 25 de Abril de 1974. Esta edição contou com grandes nomes da música nacional e internacional como os Delfins, Luís Represas, Maria João e Mário Laginha, Sérgio Godinho, Sétima Legião, Sitiados, Tito Paris e Vitorino.

     2014

Desde a primeira edição, passaram-se 20 anos, retoma-se o Festival Liberdade em 2014, no Largo do Mercado, no concelho da Moita, com o tema 40 anos do 25 de Abril, com o objetivo de potenciar o envolvimento da juventude e do seu movimento associativo. Cerca de 20 associações participaram nos dois dias do festival, que acolheu mais de 20.000 visitantes. O cartaz foi composto por nomes como Banda do Andarilho, Deolinda, Cais Sodré Funk Connection e The Gift.

     2015

À semelhança da primeira edição, o concelho Seixal voltou a ser o local escolhido para receber o Festival Liberdade, desta vez na Quinta da Marialva, em Corroios, o festival recebeu cerca de 30.000 visitantes. Mais de 30 stands de associações juvenis e cerca de meia centena de projetos provam a existência de uma juventude dinâmica na Região. No palco principal atuaram bandas como Skills & The Bunny Crew, Diabo na Cruz, Boombox, The Act-Ups, HMB e Expensive Soul.

     2016

O concelho do Barreiro foi o anfitrião do Festival Liberdade 2016. Esta edição, assinalada pela comemoração da Liberdade, da Paz, dos 40 anos da Constituição da República Portuguesa e dos Valores de Abril, contou com cerca de 50.000 visitantes e mais de meia centena de estruturas juvenis estiveram envolvidas na organização do evento. Kumpania Algazarra, Dengaz, Richie Campbell, Dead Combo, Carlão e Gabriel O Pensador foram os cabeça de cartaz desta edição e a apresentação, esteve, pela primeira vez, a cargo do Rui Unas, que fez ao vivo e em direto, o seu programa “Maluco Beleza” a partir do recinto do Festival.

     2017

Cerca de 60 mil pessoas passaram, nos dias 16 e 17 de junho, pelo Festival Liberdade 2017, realizado no Parque Urbano de Albarquel, no concelho de Setúbal. Os concertos do palco principal, Palco Liberdade, fizeram vibrar este lugar à beira-mar, com as atuações de Amor Electro, Xutos & Pontapés, Diogo Piçarra, Capicua, Bezegol e Supernova. Pela primeira vez foi possível assistir a curtas-metragens no Festival Liberdade, no espaço Sala Teatro Cinema, onde decorreram também peças de teatro e o encontro do movimento associativo juvenil - representado por mais de de 30 estruturas associativas juvenis da região  - com conversa / debate dedicado aos 70 anos do Dia Nacional de Juventude, assinalado a 28 de março, e aos 55 anos do Dia Internacional do Estudante, assinalado a 24 de março. O Rui Unas apresentou mais uma vez, em direto do recinto do Festival, o seu programa "Maluco Beleza" com a participação de vários representantes do movimento associativo juvenil, da AMRS, da Câmara Municipal de Setúbal, entre outros.

      2018

Aconteceu nos dias 15 e 16 de junho, na Praia dos Moinhos, em Alcochete, o Festival Liberdade 2018. Dois dias de música, dança, teatro, cinema, demonstração de diversas atividades desportivas, de exposição de trabalhos de uma dezena de jovens artistas da região na vertente das artes visuais, de encontro do movimento associativo juvenil e de conversa / debate sobre os “70 anos da aprovação da Declaração Universal dos Direitos do Homem”.  Esta edição contou como cabeças de cartaz: Valas, Piruka, DJ Gamiix, DJ Setecta Clemente, Persona 77, Marta Ren & Groovelvets, Richie Campbell e com a transmissão em direto, do recinto do Festival, do Programa Maluco Beleza, de Rui Unas, com a apresentação dos espetáculos do Palco Principal – Palco Liberdade – e entrevistas aos artistas, autarcas e associações juvenis. Estiveram envolvidas mais de três dezenas de estruturas de juventude, com a participação de mais 900 jovens na sua produção e mais de 35.000 visitantes.